Breaking

Post Top Ad

Your Ad Spot

quinta-feira, 13 de agosto de 2015

Lançamento do livro “Diário de uma Jovem Embaixadora”, um sucesso, com participantes de edições anteriores, confira:

Nesta última sexta-feira (07), na Livraria Cultura, localizada na Cinelândia, ocorreu um evento de grande prestígio, o lançamento do livro da nossa querida Emilly Borret, recente escritora, que realizou essa noite de autógrafos para os interessados em seu novo e 1º livro.



Neste livro, ela conta sua história e de seus companheiros, na luta com quase 2.000 pessoas por 50 vagas para um projeto de grande nome, o "Jovens Embaixadores". Nos coloca como conseguiu a vaga neste projeto que leva estes jovens para uma experiência inesquecível nos EUA e também de um projeto que a mesma participou em Brasília. Em um meio de risadas e brincadeiras, jovens que se destacam por seus talentos e suas conquistas acadêmicas. Além de tudo isso, no inicío do livro, há uma parte que explica como se estrutura o projeto e, o que fazer para participar dele.

Um sucesso e uma honra poder participar deste momento. Contamos também com a presença de outros Jovens Embaixadores, desta edição e de edições anteriores. Eles falaram para o Intercultural News e afirmaram como eles se sentiram ao saber que uma menina, jovem embaixadora, escreveu um livro contando suas histórias e experiências. Leia abaixo o depoimento de quatro jovens que compareceram ao lançamento do livro:


“Quando eu soube do lançamento do livro da Emilly, foi um motivo de muito contentamento, pois quando eu voltei do programa em 2006, como estudante, eu pensei em escrever um livro sobre a minha experiencia e sobre o programa, com o objetivo de incentivar os jovens brasileiros, os jovens que lessem o livro, a participarem do programa e perceberem que eles tem condições de superar de buscarem os seus sonhos, foi uma realização do sonho da Emilly, em escrever o livro, foi uma realização do meu sonho também, de um sonho que eu pensei a um tempo atrás mas nunca tive a oportunidade de escrever, parabéns a Emilly, e que este seja o primeiro de muitos livros que ela escreva na carreira e que ela certamente inspire mais jovens a participarem do programa e principalmente acreditarem em si mesmos.” Declara o jovem Augusto de Oliveira, jovem embaixador de 2006 de Juiz de Fora, Minas Gerais, que foi prestigiar o lançamento do livro.

“A primeira vez que a Emilly falou pra mim que ela iria escrever um livro, eu falei “Cara que incrível”, eu sou afilhado dela, tenho acompanhado ela desde o início, a gente vem na mesma escola, só o fato de saber que ela conquistou, ela chegou lá, ela se tornou uma jovem embaixadora e agora ela está disposta a compartilhar tudo que ela viveu com o Brasil inteiro, aquilo me deixou muito inspirado e muito motivado, uma felicidade imensa e de fato, acredito que a Emilly vai muito longe.” Diz Leo, jovem embaixador de 2013.

“Fiquei muito feliz desaber que a Emilly tinha escrito o livro, com certeza isso vai ser muito interessante pras pessoas que descobrirem sobre o programa e quiserem saber mais, quiserem saber como é a experiencia, com certeza várias pessoas vão se sentir estimuladas pra poder se aplicar, pra poder se dedicar,pra poder conseguir a vaga no programa e vai ser muito gostoso ler e relembrar todos os momentos que nós passamos juntos, se emocionar e torcer para que aspessoas das proximas edições tenham essa experiencia maravilhosa.” Diz Warler, jovem embaixador 2015.

“Pra mim, é muito importanteque esse livro atinja um publico maior, mesmo com as pessoas que já não estão mais na idade de tentar o Jovens Embaixadores pra que todo mundo conheça a iniciativa e veja o quão positivo essa experiencia é, não só na vida da Emilly, mas de outras pessoas que já viajaram e que estão inseridas nesse projeto, foi uma experiência que mudou a minha vida, hoje eu faço estágio no consulado do estados unidos, muitos devem também já ter participado do Jovens Embaixadores e acredito que é um programa que vai mudar a vida de muita gente ainda.” Afirma Valmir Dias, Jovem Embaixador 2013.

Esta matéria foi escrita por Italo Medeiros e revisada por João Marcos.

Páginas