Breaking

Post Top Ad

Your Ad Spot

quarta-feira, 12 de agosto de 2015

“Picasso e a Modernidade Espanhola”, o que falar sobre?

A exposição tão comentada de Pablo Picasso e seus companheiros espanhóis, que está rodando todo o Brasil, agora está no Rio. As obras de Picasso ficarão expostas até o dia 7 de setembro, ainda dá para confirmar presença. Infelizmente o museu não permite nenhum tipo de fotografia ou filmagem dentro da exposição.Com um acervo de mais de 90 obras, vindas direta do Museu Rainha Sofía de Madri, a exposição aborda a contribuição de Picasso e outros ícones de sua época em relação ao cenário espanhol e internacional da arte, além da influência do fundador do Cubismo. A maioria das obras de outros artistas pertencem ao pintor Malaguenho. Com uma divisão em 8 salas, entre as quais “Picasso: O Trabalho do Artista” e “Picasso: Variações”, que mostram o artista relacionado com sua modernidade e diversidade criativa. Há uma terceira sala que mostra o imaginário do artista para tentar descrever a forma como ele concebeu Guernica e há inclusão também de estudos para a obra, sobre o bombardeio nazista sofrido por essa cidade. Os outros espaços mostram de forma transversal a relação do pintor Malaguenho e dos demais modernistas espanhóis.Entre as principais, destacam-se Cabeça de Mujer (1910), Mujer sentada Apoyada Sobre los Codos (1939) e Palhaços (1919). 

Palhaços, de José Gutiérrez Solana


Mujer sentada Aoyada sobre los Codos, de Pablo Picasso

Esta matéria foi escrita por Italo Medeiros e revisada por João Marcos.

Páginas