O fantástico mundo de Raimundo Rodriguez

Artista plástico nordestino, morador de Nova Iguaçu, Rio de Janeiro, conta ao Intercultural News um pouco sobre seu trabalho.


Um portão com uma sineira. O que mais nos chama atenção na entrada de sua casa já nos dá um pequeno palpite do que está por vir. O lugar é totalmente decorado num misto de rústico e barroco. Os quadros, esculturas e até os móveis nos trazem referências nordestinas e também religiosas. Raimundo Rodriguez utiliza em sua obra matérias-primas como sucata e materiais recicláveis, ou seja, objetos em desuso e normalmente ignorado pela maioria das pessoas, e sua proposta é transformá-los em verdadeiras obras de arte.

Em entrevista ao IN, ele conversa conosco sobre sua nova exposição “Nada que você já não tenha visto antes” e nos conta um pouco sobre suas influências:

RB: Em suas obras, é muito visível a figura do homem nordestino, de onde vem tanta admiração?

RR: Nasci no sertão do Ceará, mesmo que eu tenha vivido apenas minha infância por lá isso interfere muito nas minhas obras. E o fato de eu morar na Baixada continua sendo uma alusão pois, assim como no sertão, aqui temos nordestinos, imigrantes, judeus, libaneses e o próprio calor.

RB: O que sua nova exposição “Multiverso - Nada que você já não tenha visto antes” tem de inédito ao visitante?

RR: De inédito é a forma como apresento as obras junto as diferentes correntes artísticas, pois tenho fotografias, esculturas e pinturas o que leva a exposição ter esse nome. E o nome Multiverso vem da teoria dos cientistas de que não existe mais um universo, e sim vários.

Além disso, o artista nos conta que parte dos trabalhos de sua exposição é homenagem a outros artistas plásticos de sua admiração, e ressalta uma obra que fez baseado nos trabalhos de Jorge Duarte "Pus uma carne de silicone sobre uma tábua e escrevi: “Esta obra não é de Jorge Duarte, pelo fato da obra aparentar ser de Jorge Duarte."


A exposição fica até o dia 10/10 na galeria Sérgio Gonçalves, Rua do Rosário, 38, Centro do Rio de Janeiro.

Matéria feita por Rafael Bahia, revisada por Carolina Oliveira.

Interviews

Most read of the week