Os jovens, a Matemática e suas aplicações em seus cotidianos.


Ao pensarmos na ciência "Matemática" e em sua interação com o espaço no qual nos encontramos, podemos perceber o quanto essa se faz presente nos mínimos detalhes e nas mínimas observações.

É notória a relação entre essa grandeza e outros conhecimentos. Logo, a juventude exerce um enorme privilégio; pois, está em constante contato com uma das disciplinas mais importantes em nosso conteúdo acadêmico.

Contudo, os jovens têm uma imensa responsabilidade ao adentrar em uma exploração dos assuntos exigidos nessa importante disciplina. Em uma pesquisa feita com alunos do CIEP 117 Carlos Drummond de Andrade Intercultural Brasil - Estados Unidos, podemos constatar que a maioria dos alunos se sente desestimulado ou acha descnessário estudar matemática.

Entrevistamos quatro pessoas que obtêm preferências a cerca da Ciência Matemática e outras que não se sentem atraídos por esta disciplina.

Em entrevista ao aluno Yan Rodrigues Ferreira Lima, podemos observar sua nítida escolha pelas ciências exatas. Ao perguntarmos o porquê de ele gostar e usufruir tanto desta área, ele nos respondeu da seguinte forma: "Bom, minha mãe é formada em matemática e costumo dizer que eu já nasci gostando. Meu pai, na época de escola, também adorava matemática, então eu acho que por causa dessa convivência, foi a matéria que eu me apaixonei e tenho uma certa facilidade em aprender.". Ainda destaca que, acha que muitas pessoas têm esse "medo" de Matemática por conta de professores ruins ou dificuldade da matéria.

Outra pessoa com a qual conversarmos, foi o aluno Gabriel de Araújo Cardoso que diz não ser um "fã" da disciplina, falando: "Tenho muita dificuldade com a matéria e ela não me chama tanta atenção como outras nas quais eu já sou melhor". Porém, Gabriel destaca que prefere muito mais as ciências História e Sociologia e diz que mais projetos para estimular o aprendizado em Matemática, faria desta mais interessante.

A aluna Emanuelly Xavier Ferreira, nos disse, também, que acha desnecessário a aplicação da disciplina no Ensino Médio e que se sai melhor nas Ciências Humanas.

Contudo, é imprescindível a estimulação do estudo nesta disciplina no Ensino Médio para maior comodidade dos estudantes.

Matéria feita por Maria Fernanda Cândido.

Interviews

Most read of the week