Breaking

Post Top Ad

Your Ad Spot

sábado, 3 de março de 2018

PATH: A famosa cidade subterrânea de Toronto, Canadá

Eleito como o maior complexo subterrâneo do mundo pela Guinness Book, o PATH ("caminho", em inglês), fica localizado em Ontário, centro da província de Toronto, Canadá.



A famosa cidade subterrânea é o verdadeiro refúgio dos canadenses e turistas no inverno -- estação em que as temperaturas não passam de -10°C graus em Toronto --, pois lá, graças ao sistema que regula a temperatura de toda a cidade, não faz frio extremo.

Com cerca de 30km em extensos corredores, PATH, além de possuir estabelecimentos de todos os tipos, está conectado a 50 prédios, 20 garagens de estacionamento, seis hotéis e dois shoppings centers (inclusive o Eaton Centre, o maior da cidade de Toronto). Importantes pontos turísticos, como Rogers Centre, The Hockey Hall of Fame, CN Tower, The Air Canada Centre e Riplay's Aquarium, também possuem conexão com o complexo subterrâneo.


O PATH começou a ser construído em 1900, mas não foi planejado para ser o que é hoje. Tudo começou quando a loja de departamentos Eaton's (que não existe mais) decidiu fazer um túnel sob a James Street, para que seus funcionários e clientes pudessem caminhar entre duas de suas lojas. Ao decorrer dos anos, departamentos de diversos tipos foram aderindo a ideia; em consequência, a cidade foi entrando em diversas expansões. Em 1987, o Conselho Municipal assumiu o total controle da atual cidade.

A última expansão ocorreu em 2011. Hoje, a cidade que contém mais de 100 acessos, possui cerca de 5 mil funcionários para atender a demanda de 100 mil pessoas que passam por lá diariamente.

Por se tratar de um complexo subterrâneo enorme, as letras do PATH funcionam como bússola, cada qual indicando uma direção: o "P", em vermelho, representa o sul; "A", em laranja, o oeste; o "T", em azul, o norte; e o "H", em amarelo, o leste. Ficar atento ao piso da cidade também é essencial, já que cada piso dos 4 subsolos do PATH possui uma cor.

Matéria escrita por Luan Santos.

Páginas