Ser fã também tem seus contras

Os adolescentes são fissurados em cantores, atores, youtubers e muitas outras pessoas que estão na mídia e fazem sucesso e isso nunca foi diferente. Muitos adultos dizem que isso é apenas uma fase. Mas como isso pode interferir na mente desses adolescentes?
É importante dizer que como todas as coisas, ser fã, tem seus prós. Existem pessoas que conseguem tratar as suas janelas traumáticas nos bastidores da mente, saindo de depressões profundas, aprendendo a se amar e enfrentar preconceitos que sempre sofreram. Tudo isso, porque encontraram no ídolo, um suporte emocional.

    Porém, também existem jovens, que, com suas poucas habilidades de desenvolver um Eu (a parte da mente que se pode controlar) maduro, capaz de proteger as próprias emoções, cria uma dependência numa pessoa, que, por mais que pareça estar perto, está a milhões de Km.

    Engana-se quem pensa que coisa desse tipo só acontece com adolescentes. Ainda esse ano, o Brasil parou depois que saiu a notícia de um fã da Ana Hickmann que invadiu um apartamento que ela estava e quis matá-la.

   Além de um problema psicológico, como citado acima, existe uma outra explicação que tem a ver com o intenso contato pelas mídias sociais na relação ídolo e fã. É bem comum os artistas publicarem o que estão fazendo, pra onde vão e, enfim, sobre seu dia a dia.
 
Matéria feita por Ana Carolina.
Redigida por Nicole Pires.

Interviews

Most read of the week