Breaking

Post Top Ad

Your Ad Spot

quinta-feira, 27 de agosto de 2015

"Garça" por João Marcos


"A graça da garça
A arte de viver em meio a lama sem sujar as suas vestes"
Vestes sujas muitas vezes nos impedem
Nos impedem de agir enquanto os problemas crescem
Vestes sujas porém não são sujas por lama
São sujas por uma trama
Trama talvez por causa de grana
Por ira que inflama
Por causa de chamas
Chamas de ódio, amor ou fama
Ou pelo que se chama
Pelo que é chamado ou chama os outros
Outros que podem ser anjos ou monstros
Monstros que podem vir de você ou de dentro do poço
Poço de ilusões e incertezas
Que não nos deixam agir com clareza
Clareza que sempre é acompanhada de beleza
Fazendo tudo certo, certas vezes, certamente temos certeza
Claro que claramente não enxergamos na tristeza
Enfim entendendo
Mas quem já foi muito triste a verdade vê com facilidade
Sabe que ver a verdade é questão de habilidade
Habilidade de saber que pra ser feliz de verdade
Não precisamos de campo ou cidade
De simplicidade ou vaidade
De agitação ou serenidade
Precisamos apenas nos concentrar na capacidade
De mesmo tendo uma dura vida
Conseguir deixar as vestes limpas
Sempre seguindo a própria trilha
Sem sangue, sem dor e sem mentiras
Enfim compreendo
O que houve em todos os momentos
Em que passei por ventos
Em que enxerguei as portas do conhecimento
Sem conhecer os meus sentimentos
E fiquei em silencio esperando um alento
Paro e penso
Quando entro em um consenso
Comigo mesmo e mais um milhão de outros eus
Aprimorando pensamentos meus, deles ou seus
Escrevendo para que você entenda
Que ser fruto do meio é só uma lenda
E tentar fazer uma coisa que ninguém tenta
O nome desta coisa é "A diferença"
E que mesmo estando em meio a uma multidão de crenças
Conseguir retirar apenas as "benças"
Em meio a um milhão de mentes inertes e inférteis
Ainda não sujando as suas vestes
Não se preocupando apenas com a parte prática
Não se preocupando apenas com quem se fala
Não deixando de lado a liberdade da alma
Viver em meio a lama sem cair na vala
Sem se importar com o meio, apenas com o que a nossa consciência fala
Se manter limpo independente do meio, essa é a graça da garça.

Texto feito por João Marcos.

Páginas