Breaking

Post Top Ad

Your Ad Spot

sexta-feira, 24 de fevereiro de 2017

Grafite no Brasil, de Vallauri à Doria



Popularmente, o grafite é conhecido como a arte de fazer desenhos em paredes.

Desde os tempos do Império Romano existem registros dessa arte urbana; no entanto, o surgimento do movimento artístico na idade contemporânea foi na década de 1970, em Nova York - Estados Unidos, a partir do momento em que os jovens nova-iorquinos começaram a fazer desenhos nos muros da cidade.

De Nova York, o grafite foi se espalhando pelo mundo, inclusive no Brasil. A chegada dessa arte de rua no território nacional ocorreu no início da década de 80, em São Paulo.

Com o passar do tempo, os grafiteiros brasileiros começaram a deixar a influência do grafite norte-americano de lado, deixando-o cada vez com mais características brasileiras, e isso teve uma boa consequência, afinal, hoje o nosso grafite está entre os melhores do mundo.


Durante a Ditadura Militar, a arte urbana, como as demais formas de liberdade de expressão, era considerada crime pela legislação brasileira. Porém, Alex Vallauri (Asmara, 09/10/1949 - São Paulo, 27/03/1987), que era um artista etíope radicado no território brasileiro, ousou a fazer desenhos contra a censura militar, entre eles estavam araras e frangos pedindo "Diretas Já" no final da ditadura.

No Brasil, na data de seu falecimento (27 de março de 1987) é comemorado o Dia do Grafite e este ano completam-se os seus 30 anos de falecimento.


O prefeito da capital paulista, João Doria (PSDB), em função de seu projeto "Cidade Limpa", pintou de cinza ou "limpou" várias obras expostas no maior muro de grafites a céu aberto da América Latina, localizado na Avenida 23 de maio. Segundo ele, tal atitude foi tomada por conta de pichações presentes nos grafites do muro.

Contudo, na terça-feira, 13/02, a justiça proibiu a prefeitura de pintar os grafites sem antes pedir autorização ao Conpresp (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental de São Paulo), caso a ordem seja desacatada, será cobrada uma multa de quinhentos mil reais por dia.

Matéria feita por Luan Santos, Revisada por João Marcos

Páginas