Breaking

Post Top Ad

Your Ad Spot

terça-feira, 12 de fevereiro de 2019

Mais um caso de tragédia no Brasil

 Ricardo Boechat, jornalista da Band, e Ronaldo Quattrucci, piloto de helicóptero, morreram no dia 11 de Fevereiro de 2019 (Segunda- feira) na queda do helicóptero onde os mesmos se situavam.
Naquele momento, o jornalista retornava de Campinas após fazer uma palestra em um encontro de uma empresa farmacêutica.
 O helicóptero caiu em cima da rodovia Anhanguera ao tentar fazer um pouso de emergência, e em seguida foi atingido por um caminhão. Com estes acontecimentos, o helicóptero entrou em chamas.

  Segundo relatos, Boechat  havia pulado do helicóptero antes que o mesmo caísse, e o mesmo morreu atingido pelo próprio helicóptero, que caiu em cima dele. O jornalista deixou a esposa e 6 filhos, e o Brasil inteiro está de luto por um dos maiores jornalistas da televisão brasileira.
  Vários amigos do mesmo comentaram sobre sua morte em suas redes sociais.
Guilherme Barros, por exemplo, que foi colunista da Folha de São Paulo e amigo de Boechat, se diz arrasado, e publicou a seguinte frase em seu twitter:
"Morreu uma unanimidade. Concordando ou não, todos o respeitavam, queriam saber sua opinião. Era das figuras mais simpáticas e atenciosas que já conheci no jornalismo"
   O presidente, Jair Bolsonaro, e seu filho, Carlos Bolsonaro, também pronunciaram seus pêsames em suas redes sociais. Carlos Bolsonaro disse: "Boechat era um grande profissional, referência ao jornalismo, capaz de conquistar o respeito tanto dos que convergiam quanto dos que divergiam de suas ideias e opiniões" "Que seja sempre lembrado por isso".
   E Jair Bolsonaro se solidarizou com a família do profissional e colega, e também com a do piloto. "Que Deus abençoe a todos" finalizou.

Matéria feita por Heidy
Redigida por Nicole Pires

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Páginas