Breaking

Post Top Ad

Your Ad Spot

quarta-feira, 11 de dezembro de 2019

SNCT 2019 - RESUMO DE PALESTRAS/ OFICINAS REALIZADAS NA SEMANA

CONSCIENTIZAÇÃO DA COLETA SELETIVA PARA RECICLAGEM DE RESÍDUOS PLÁSTICOS

    Compareceu ao 1º dia da Semana Nacional de Ciências e tecnologia, 16/10/2019 (Quarta-Feira) o professor José Carlos Pinto do Programa de Engenharia Química da COPPEUniversidade Federal do Rio de JaneiroRio de Janeiro, desde 1992 e é Professor Titular desde 2002. José Carlos é também membro permanente do Programa de Pós-Graduação em Química do Instituto Militar de EngenhariaRio de Janeiro, desde 2011. 
     José Carlos relatou o quão é importante transformar os resíduos em algo útil em nosso ciclo produtivo.
    "Atualmente, as pessoas  se equivocam quando tratam o material plástico como lixo – plástico deve ser tratado como matéria-prima. Todo material plástico (repito, todo) é potencialmente reciclável e reutilizável" essa foi uma das frases dita por ele.
    Muitas pessoas acreditam que a biodegradabilidade é uma qualidade dos materiais, porque parece mesmo ecologicamente correto que os materiais possam ser reciclados naturalmente no meio ambiente. O mesmo citou algumas dicas de que a biodegradação não é tão favorável a natureza, como por exemplo: o fato do granito não se degradar no ambiente (a não ser que se considere o período de milhares ou milhões de anos) das pessoas não se incomodarem com o fato das chuvas não dissolverem as paredes de prédios, as calçadas e as vias de circulação? (Aliás, quando as chuvas destroem vias de circulação, diz-se que a qualidade do material é ruim) e já viram alguém sugerir para a limpeza de uma casa deixar os resíduos estragarem nos cômodos? isso gera detritos nocivos à saúde e ao bem estar. Portanto, ser biodegradável não é necessariamente bom.
A palestra foi bastante interativa e abriu nossos olhos a importância de reciclar.

Feita por: Chrystian Oliveira

Plantas Medicinais

    Quarta feira (16/10/19) como uma das palestras iniciais do evento, se apresentou Adriele Souza, aluna do Intercultural Brasil- Estamos Unidos, com a palestra "Plantas Medicinais".
    As plantas medicinais são plantas que podem ser substituídas por remédios, isso geralmente pode acontecer, quando a pessoa é alérgica e não pode ingerir tal remédio ou, pode ser usada em tratamento de doenças, então, as plantas podem ser usadas como diferentes alternativas, exercendo a mesma função dos remédios.

Tendo como exemplos:

• A planta "Maria-sem-vergonha" que é usada para trazer a sensação de conforto as pessoas, usada muitas vezes em lugares que trazem lazer, como o spa. 
• O ''Alecrim'' é um estimulante e anti-reumático, bom para tratar de tosses, bronquite e problemas respiratórios.
• A famosa ''Camomila'' que pode ser usada para trazer o relaxamento para a cabeça, olhos, estômago, entre outros.
    Chegando no final da apresentação, a palestrante falou um pouco sobre uma alternativa diferente, chamada de FITOTERAPIA que utiliza as plantas, como uma forma de terapia, a qual é mais confortável, pela opinião da palestrante, do que ir ao médico.
    Ao fim da palestra, Adriele deu a erva-cidreira e o boldo aos ouvintes da palestra, para todos experimentarem os efeitos das plantas.

Comentários sobre a palestra:

"Uma palestra bem explicativa e de novas descobertas sobre as plantas e seus benefícios" Luiza-1005

"Foi incrível pois transformou uma coisa simples em algo mais complexo sobre plantas que podem ser medicamentos ao mesmo tempo." Victor-3002

Matéria por: Thaís Silva

Mente-Mudar e Navegar. Transformando o Eu

    Quinta feira (17/10/19) mais um dia da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia no CIEP 117-Carlos Drummond de Andrade começou.
E ao começo do dia muitas palestras foram dadas como a "Mente- Mudar e Navegar. Transformando o Eu" apresentado por Daniela Alves e Helinton Peixoto do Koala Eventos (mais informações ao final da matéria).
    Os palestrantes quiseram deixar claro, que não seria apenas uma palestra aonde apenas eles iriam falar, seria mais como uma dinâmica, a qual aconteceu do começo ao fim.
Ao decorrer da palestra, diversas atividades foram feitas, trazendo uma alto avaliação no cotidiano das pessoas e como isso poderia pesar na ansiedade do dia à dia.

Atividades como:

• Alto avaliação em situações do dia, com perguntas e respostas entre sim e não, para conhecer seu nível de ansiedade.
• Jogos colocando as pessoas em situações de ganho e perda, para seu alto conhecimento, e de como os seus sentimentos funcionavam.
• Como as pessoas se sentiam em relação ao passado, o presente e o futuro; e de como um pode afetar o outro, de acordo com seu nível de ansiedade.
    Com a participação dos ouvintes, tal palestra se transformou em um ambiente amigável e de alto conhecimento, tratando, a partir da própria avaliação, do nível de ansiedade dos ouvintes.
    O Koala Eventos buscam o desenvolvimento de jovens no período escolar, através de programas de conscientização, prevenção e intervenção, com projetos psicopedagógicos elaborados com a BNCC (Base Nacional Comum Curricular). Para mais informações, entre em contanto nas redes sociais deles:

Site: www.koalaeventos.com.br
Instagram: @koalaeventosrj
Telefone Celular: 21 983415031

Comentários sobre a palestra:

"Incrível pois não foi monótona e muito interativa." Sarah,2004

"Achei legal porque eles queriam ouvir o que tínhamos a dizer." J. Nascimento, 2003

Para mais informações sobre o evento, acesse nosso canal no Youtube.

Matéria por: Thaís Silva

Técnicas de relaxamento para o dia a dia

    Atualmente tem se tornado cada vez mais comum o desenvolvimento de ansiedade, depressão e estresse ao extremo. Muitas explicações e diagnósticos podem ser dadas a tais problemas mas um muito frequente que não é percebido grande parte das vezes é a rotina agitada com múltiplas atividades e tarefas. Cada vez mais uma cobrança interna e externa tóxicas para a saúde mental e até mesmo saúde do corpo. Compreendendo o estresse e agitação dos alunos, a professora  Carla Batista Franco produziu uma oficina no segundo dia de evento quinta-feira (17/09) onde ensinou técnicas de relaxamento, que auxilia na memória e concentração. A maioria delas foram simples como contar de forma decrescente os números de 100 a 0, mas que durante a atividade foram identificados dificuldades até mesmo para tal. Alunos  tensos saíram da palestra relatando a diferença e percebendo a importância de parar e respirar às vezes. Que cada vez mais possa ser abordado a saúde mental em sala de aula.

Evelyn Lisboa

Um comentário:

Páginas